quinta-feira, 29 de abril de 2010

TOP 10: Melhores vinhos do mundo

Você já ouviu falar do espumante Grand Legado, do Chardonnay Villaggio Grando e do tinto Sesmarias? Nem eu. Pois esta semana eles foram eleitos os melhores vinhos do mundo em suas categorias pelos jurados da ExpoVinis Brasil, maior feira do segmento da América Latina que terminou hoje em São Paulo.

Há 14 edições, a Expovinis divulga o Top 10. O concurso elege os dez melhores vinhos presentes na feira, sendo um rótulo em cada categoria, através de degustações realizadas às cegas por um júri composto por jornalistas especializados, sommeliers e degustadores de associações e escolas. Estima-se que mais de 400 vinhos tenham sido provados nesta edição. Entre esses dez, não há um melhor. Confira a lista:

Espumante Nacional: Grand Legado Brut Champenoise – Wine Park (Brasil)

Espumante Importado: Ferrari Perle’2002 – Ferrari – Decanter (Itália)

Branco – Chardonnay: Villaggio Grando 2008 – Villagio Grando (Brasil)

Branco – Sauvignon Blanc: Yealands Estate 2009 – Yealands State (Nova Zelândia)

Branco – outras castas: Mesh Riesling 2007 – Grosst- Hill Smith – KMM (Austrália)

Rosado: Chateau de Pourcieux 2009, Provence – Chateau de Pourcieux – Cantu (França)

Tinto Nacional: Sesmarias2008 – Miolo Wine Group (Brasil)

Tinto Novo Mundo: Morandé Grand Reserva Syrah 2005 – Morandé – Carvalido (Chile)

Tinto Velho Mundo: Herdade do Esporão Touriga Nacional 2007 – Herdade do Esporão – Qualimpor (Portugal)

Fortificado: Madeira Justino’s Colheita 1995 – Justino Henriques Vini Portugal – Porto a Porto (Portugal)

Tá certo que a representatividade do concurso não é tão grande, mas serve como um bom parâmetro. Como não poderia deixar de ser, todos os três nacionais da lista são de vinícolas do Sul. É uma pena que aqui em BH tenhamos acesso a pouquíssimos rótulos brasileiros, se observarmos a variedade e quantidade de bons vinhos que são produzidos em nosso país.

Tenho certeza de que a maioria das pessoas só conhece os Miolo e, mesmo assim, o famigerado Seleção. Pois o Sesmarias2008 da vinícola foi eleito neste concurso o melhor tinto nacional. Segundo a Miolo, ele é o primeiro vinho brasileiro enquadrado no segmento luxo. Ícone do Projeto Fortaleza do Seival Vineyards, o Sesmarias é o único vinho nacional elaborado através do processo de fermentação integral, sistema utilizado nos grandes châteaux da França, onde uvas selecionadas são lentamente desengaçadas e as bagas inteiras colocadas em barricas novas de carvalho francês.

O Sesmarias resulta de um corte de seis variedades de uvas tintas (Touriga Nacional / Tempranillo / Petit Verdot / Merlot / Cabernet Sauvignon / Tannat) - selecionadas entre dez variedades, de parcelas com produtividade inferior a 04 toneladas por hectare, isto é, com produção inferior a 1 Kg por planta. Cada safra será personalizada. O ícone será elaborado sempre com as melhores uvas produzidas no Fortaleza do Seival, localizado na Campanha Gaúcha, e a proporção e os varietais poderão ser diferentes a cada ano.

Vinhedos da Fortaleza do Seival

O Sesmarias está sendo vendido exclusivamente no site da Miolo e pela Central de Atendimento 0800 970 4165. O preço da caixa com seis garrafas é de R$ 1.080,00 (R$ 180,00 por garrafa). Serão comercializadas apenas 500 caixas, sendo que a venda será restrita a uma caixa por CPF. A expectativa é esgotar a venda em um mês, e a entrega será realizada a partir do mês de maio.

Já o espumante Gran Legado Brut Champenoise, da vinícola Gran Legado, talvez o melhor custo-benefício do trio, conquistou em 2009 a Medalha de Prata no Concurso Internacional Vinalies, em Paris, considerado um dos mais importantes e respeitados concursos de degustação de vinhos do mundo, além da medalha de recomendação - menção honrosa no International Wine Challenge, em Londres, também no ano passado. Na loja Vinhos e Sabores ele sai por R$ 22,00, sem o preço do frete. Dá para encomendar também direto da vinícola, através do e-mail vendas@granlegado.com.br.


Segundo a casa, o espumante Gran Legado Brut é elaborado com uvas Chardonnay e Pinot Noir através do método champenoise, possui cor amarelo com reflexos dourados, límpido e brilhante. Apresenta aroma frutado, com intensas notas de fermentação. Na boca apresenta acidez equilibrada, a perlage é intensa e de finas borbulhas. Os vinhedos da Gran Legado estão localizados na propriedade Wine Park (antiga Maison Forestier), no município de Garibaldi, na Serra Gaúcha.


O terceiro premiado é o Chardonnay Villaggio Grando 2008, da vinícola Villagio Grando, que custa R$ 43,39 na loja virtual da casa. Este vinho não passa por barricas, e segundo a descrição do site, possui bela cor e belas lágrimas, de aromas florais, de laranja e mel. "Um vinho de boa acidez, bom corpo e de boa evolução, tendo hoje exemplares de quatro anos em plena qualidade."

Os vinhedos estão localizados acima de 1300 metros de altitude, na região de Herciliópolis, município de Água Doce, nos campos de altitude de Santa Catarina. A vinícola é nova (as primeiras mudas foram plantadas em 1998), e ainda estuda as possibilidades do seu terroir. Um laboratório de pesquisa para a adaptação de castas conta com mais de 80 variedades de vitis viniferas, em 2 hectares, diariamente pesquisadas e controladas para se chegar ao exato conhecimento das variedades que melhor se adaptarão.

3 comentários:

Ana, A menina que roubava idéias disse...

Oi Clarinha!!!

Lindo seu blog. Estou seguindo e já indiquei lá no meu o seu. Beijos.
A linguiça da Nigella o Tom faz com espumante.
beijos.

Clara Bello disse...

Ei, Ana, obrigada, querida. Vou lá ver o seu. A minha tia me disse outro dia que uma amiga também faz com espumante. Deve ficar uma delícia, com os sabores mais delicados. Beijo e volte sempre.

Dilma Cunha disse...

Ola gostaria de saber, onde encontrar o vinho maisan forestier 1750 tinto safra de 1995 e quando sera o preco?????

Postar um comentário